A relevância e os principais desafios do GReSBAS:

A União Europeia (EU) tem como objetivo fazer com que até 2030 a maior parte da eletricidade seja produzida a partir de fontes de energias renováveis. Esta meta, juntamente com a previsão da eletrificação nos setores de transporte e calor, vai trazer desafios técnicos significativos para a operação e planeamento dos sistemas de energia elétrica.

Dentro do contexto da rede inteligente, os algoritmos de Demand Response (DR) são identificados como a solução inevitável para aumentar a eficácia económica dos mercados elétricos, aumentar a integração das fontes de energia renovável e melhorar a confiabilidade e flexibilidade dos sistemas de energia elétrica.

A implementação do DR é uma das áreas mais investigadas na UE. Vários países já estabeleceram programas que interagem com os clientes industriais maiores e com maior intensidade de energia por meio de esquemas dinâmicos de controle de tarifas ou tarifas diretas. Em relação aos consumidores menores, como por exemplo os residenciais ou comerciais, a maioria dos países europeus tem focado os seus estudos no modo como estes podem estar ativamente envolvidos em programas de DR. No entanto, a maioria desses estudos concentra-se unicamente em questões tecnológicas e económicas, deixando para trás questões como a interação e a educação do consumidor, que também devem ser abordadas para aumentar a consciencialização e interesse pela participação na DR.

Neste contexto, o projeto GReSBAS tem como objetivo permitir a participação ativa de edifícios em programas de DR através da competição entre os proprietários dos edifícios. No caso de grandes edifícios, a competição gamificada pode ser estabelecida dentro do prédio com os seus ocupantes, como por exemplo, tendo diferentes andares do edifício competindo entre eles. Esta abordagem permitirá que os proprietários dos edifícios reduzam os custos de eletricidade e aumentem a eficiência energética motivando / recompensando os ocupantes do prédio por participar em programas DR. Esses programas podem ser esquemas clássicos ou novos esquemas de DR focados em melhorar o desempenho das redes de distribuição.

Este projeto visa atingir recursos sensíveis ao consumidor ao longo da rede, através da competição entre os proprietários dos edifícios com tecnologias amplamente utilizadas de automação.

O projeto GReSBAS vai propor um sistema de jogo inovador para alavancar a participação ativa de ocupantes / proprietários de edifícios em ações de DR.

O projeto vai usar técnicas de gamificação avançadas, juntamente com tecnologias de automação de edifícios, para alcançar ganhos significativos de eficiência energética. Será dada especial ênfase aos programas de DR capazes de suportar e melhorar o funcionamento das redes de distribuição.

O projeto inclui análise de consciencialização nacional e implementação do mundo real em ambientes distintos: na Turquia e em Portugal.

Esses estudos vão permitir avaliar a nível transnacional o desempenho das técnicas de gamificação desenvolvidas para o envolvimento do utilizador final.